04 coisas que você precisa saber antes de mudar de carreira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

A gente fala, fala e fala muito sobre mudar de carreira e encontrar o seu propósito de vida, não é verdade? Mas hoje, eu vim mostrar alguns lados que talvez ninguém, nunca, tenha te falado… Bora?!

O primeiro passo é você entender que por mais que você esteja num novo começo, é essencial que você se dedique para aquilo dar certo. Muitas pessoas pensam que só porque trabalharão com o que gostam, as coisas irão acontecer naturalmente, sem esforços ou algumas “derrapadas” no meio do caminho, o que não é verdade e falo por experiência própria.

Leia mais: Trabalhar com o que gosta é realmente possível?

Dito isso, vamos fazer algumas reflexões sobre a sua possível mudança de carreira.

1- Você deseja mudar de carreira ou apenas de ambiente de trabalho?

Muitas vezes, o ambiente de trabalho ruim acaba influenciando esta situação- mas isso não quer dizer que você precise mudar de carreira. O ambiente corporativo é, de fato (em linhas gerais) competitivo, desorganizado, tem uma pressão grande e um salário que não condiz com a produtividade dos funcionários. Entenda se estes fatores vão de encontro ou conflitam com seus valores pessoais.

Eu citei aqui apenas alguns fatores que podem fazer com que você se sinta frustrado e até mesmo, infeliz na sua carreira. Por isso, é muito importante que você analise friamente o que você gosta de fazer e o que você faz atualmente. É o ambiente ou são as atividades que você desempenha?

2- Você não gosta do seu chefe ou da sua profissão?

Um chefe que não sabe lidar com os seus colaboradores contribui para um péssimo clima organizacional, obviamente- o que faz com que você tenha dúvidas sobre o que quer ou gosta de fazer. Existem chefes que tem dificuldade em ouvir queixas ou até mesmo críticas. E isso pode ir, aos poucos, dificultando a sua convivência lá dentro da empresa- e logo, a desestimulação acontece como consequência imediata.

3- Existem outras áreas que você gosta mais?

Se os seus problemas são os mesmos que as suas responsabilidades cotidianas, é de suma importância que você entenda se não existem outras áreas mais interessantes no seu ramo de atuação.

Mergulhe nas opções

Por exemplo, se alguém é trabalha na parte criativa de uma agência de publicidade. Esta mesma pessoa pode usar os mesmos skills trabalhando para produtores de conteúdo digital por exemplo.E desta forma, não estará mais presa ao mundo corporativo.

Para isso, você pode fazer uma pesquisa de mercado e perceber se existem possibilidades que você ainda não conhece nos seu ramo. Pense FORA da caixa.

4- Quais cursos você precisa para começar esta nova carreira?

Vamos supor que você está mesmo decidido a começar uma nova carreira. Você já sabe os nichos, com o que vai trabalhar e a quem você vai atender. O próximo passo é que você analise o que você deverá fazer para desenvolver as habilidades necessárias na sua nova profissão.

Faça a seguinte pesquisa: Quais cursos são necessários para entrar neste novo ramo de atuação? Quais são os melhores lugares que você poderia conseguir estas experiências? Lembre-se sempre: as melhores oportunidades aparecem para quem está, definitivamente, preparado!

E aí, você já tinha parado para pensar sobre isso? Escreva nos comentários! Será um prazer te ajudar neste processo!

Scroll Up